Como definir metas eficientes?

De início eu te faço essa pergunta, o que você deseja para o final de 2021 e início de 2022 para sua equipe de vendas?

Ao ter em mente o que quer realizar, aumentam as possibilidades de ter bons resultados.

Para te ajudar a definir suas metas, preparamos esse artigo completo sobre como fazer essa definição!

Mas afinal o que são metas?

Metas, nada mais são do que objetivos quantificáveis e mensuráveis.

Quando utilizamos este termo, estamos falando de tarefas específicas que precisam ser realizadas para alcançar os objetivos determinados.

Como estipular metas de vendas?

Para definir suas metas é necessário analisar alguns pontos, como o mercado em que você atua, seus índices de crescimento e avaliar a capacidade da sua equipe. Cada pessoa possui uma personalidade diferente, por isso, conhecer e ressaltar habilidades pessoais fará com que o vendedor se sinta mais seguro para efetuar suas vendas, deixando todos engajados e motivados.

Após isso, faça um planejamento com seus objetivos para que você tenha um direcionamento concreto das ações a serem realizadas e estude métodos que possam te auxiliar na realização das tarefas, por exemplo estratégia de vendas. 

É nesse momento em que gerente e equipe de vendas definirão: de que forma vender, qual o método mais adequado, qual o tempo para ser realizado.

Defina indicadores de desempenho

Como já falamos anteriormente, você não tem como alcançar uma meta se não definir como vai fazer isso. Ou seja, você terá que determinar alguns indicadores que possam te auxiliar a entender a origem do sucesso ou do fracasso.

Metodologias

OKR: Objectives and Key Results é um sistema de definição de metas, onde se cria o alinhamento e define a cadência para a organização. Além dessa definição  técnica, o que diferencia OKR de modelos tradicionais é sua característica de comunicação e alinhamento, que motiva pessoas a trabalharem juntas

O objetivo é garantir que todos andem na mesma direção, com prioridades claras, em um ritmo constante.

 

okr

Temos duas principais estruturas:

Objetivos (O): Um bom objetivo tem que ser descrito claramente para que as pessoas possam imaginar o quão impactante será alcançá-lo.

Resultados-chave (KR): Parâmetro para determinar o quanto a empresa está perto de alcançar um objetivo. Ou melhor, metas menores que ajudam a conquistar o objetivo.

Temos também as principais fases, para ajudar no alinhamento.

  • Organizacional: Devem ser anuais ou semestrais, e guiarão toda a empresa em prol de um resultado.
  • Departamental: Trimestrais ou quinzenais, são metas direcionadas a um time, porém alinhados com o propósito final.
  • Individual: Mensais ou quinzenais, são focados no desenvolvimento pessoal do vendedor.

Por fim, um bom OKR tem algumas características, como a comunicação que cuida do alinhamento da equipe, a simplicidade, que facilita o entendimento de todos, e ciclos curtos, que acompanham o progresso e erros de forma rápida.

KPI: Key Performance Indicator, ou seja, Indicador-chave de Performance. 

São os indicadores que você vai definir para medir se suas metas estão efetivamente dando resultado e acompanhar a evolução das operações. 

Auxilia a não se perder em meio a uma quantidade absurda de relatórios e dados que não levam a lugar algum. É por meio dela que você manterá o foco para ir atrás das metas.

kpi

 

Existem algumas categorias diferentes, entre elas:

  • Indicadores de produtividade: Correspondem ao uso dos recursos da empresa a partir da avaliação das entregas.
  • Indicadores de qualidade: prevenção a qualquer desvio ou não-conformidade ocorrida durante um processo produtivo.
  • Indicadores de capacidade: mede a capacidade de resposta de um processo.
  • Indicadores estratégicos: auxiliam na orientação de como a empresa se encontra com relação aos objetivos que foram anteriormente avançados.

METAS SMART: Funciona como uma espécie de checklist, na qual cada meta é verificada e avaliada se possui os requisitos para atingir o resultado.

 

  • Specific (Específica): Deve especificar a meta, deixando clara para todos.
  • Measurable (Mensurável): Determinar um indicador com possibilidade de mensuração, para contribuir na organização da meta.
  • Achievable (Atingível): Verifique se as metas traçadas são realmente alcançáveis.
  • Relevant (Relevante): Crie metas que façam sentido e sejam relevantes para toda a equipe, assim, todos ficam motivados.
  • Time-based (Limitada ao tempo): Estabeleça um prazo que faça sentido a todos. 

Use inteligência artificial

Vivemos falando aqui do quanto ela otimiza processos e te proporciona uma venda mais qualificada. 

A Inteligência Artificial é fundamental no processo de vendas, seja ela atrelado a um CRM, como o da HubSpot, que fornecerá um lead qualificado e irá acompanhar o processo da venda ou um assistente virtual como o Jordan que proporciona um conhecimento sobre o comportamento de compra de cada cliente, usando algoritmos que atuam desde a transformação de voz em conjunto de textos e dados até a compreensão desses dados dentro de um determinado CRM, transformando isso tudo novamente em voz em fração de segundos. 

Após essas etapas tenho certeza de que sua equipe de vendas está preparada para bater as metas e melhorar as vendas!

Agora é só escolher qual o modelo mais adequado para o seu negócio, e ter disciplina para alcançar suas metas! Ah, e é claro que ter o Jordan de assistente irá dar um passo mais próximo disso.