Social Selling como forma de prospecção

  Se por um lado enfatizamos que os vendedores devem atualizar sempre que suas metodologias, os clientes, por sua vez, cada vez mais uma abordagem inovadora e acolhedora. Uma forma de oferecer isso é adotar o Social Selling em seu negócio. 

  O Social Selling é a prática de vender através das redes sociais, utilizando os benefícios para criar um vínculo de confiança com seu cliente. 

  Muitas empresas ainda confundem o social selling com a automatização e robotização do mailing e sem estudar como redes sociais ou a forma de comunicação, fazem algo sem impessoalidade e acabam prospectando de forma errada.

  A prospecção é uma tarefa que exige um alto nível de compreensão de persona e produto, e nada melhor do que uma ferramenta como o social selling para oferecer ao seu cliente uma relação, evitando como tais frases clichês que não buscam uma relação real e longo prazo , e geram certo desinteresse por parte do cliente. 

Quer um exemplo? 

“Tenho conversado com gestores …” 

“Você tem 15 minutos para eu te apresentar uma NOSSA melhor solução?”

  Essas frases denotam um processo de vendas auto centrado, que não liga para as necessidades do cliente, levando um relacionamento curto e alto índice de churn. 

  Como diz nosso amigo Marcel Nobre – especialista em vendas, fundador do BetaLab e criador do Podcast Virando a Chave – devemos ser mais atiradores e menos atiradores de guerrilha. 

E como fazer isso?

Aqui vão alguns conceitos básicos para aplicar o Social Selling em seu negócio: 

  1. Definir dias para prospectar com Social Selling.

No começo pode ser trabalhoso, mas a longo prazo você não está preocupado em como bater a meta do mês, pode apostar! 

  2. Definir sua persona.

Se você não sabe para quem vender, vai tentar realizar uma venda muitas vezes sem obter sucesso.

É essencial conhecer não só seu público, mas também seu interesse e dores. 

  3. Buscar um equilíbrio para não ser um vendedor “stalker”. 

Tem algumas dicas básicas para isso, como por exemplo:

  3.1   Começar tendo um primeiro contato visitando redes sociais, para sair da zona do desconhecido. 

  3.2   Logo depois, começar a interagir com o conteúdo. 

  3.3   Por último, enviar convite para uma conexão. 

Após esses passos, uma mensagem de apresentação. Não para vender seu produto, e sim para conhecer um pouco sobre o cliente e verificar seus interesses. 

Por último, vender, se fizer sentido.

Em nosso canal do youtube temos um episódio de nosso videocast “Revenue Ops Cast”, 1ª temporada, com a participação do Marcel Nobre sobre Social Selling.

Vem assistir! https://bit.ly/3zZIqRJ